• Selak

Cores de segurança na indústria

A sinalização de segurança utiliza cores intensas e específicas nos locais de trabalho para prevenir acidentes.


A sinalização de segurança tem por finalidade o uso de cores padrão adotados nas empresas e indústrias para cada dependência e, assim, prevenir acidentes. Desta forma, a função de cada um deverá ser a de identificar setores e equipamentos, áreas de risco, espaços de acesso restrito, evacuação, trânsito em caso de emergência, etc.

As cores adotadas devem advertir sobre os riscos existentes no local, permitindo sua rápida identificação e potenciais perigos, possibilitando uma rápida reação diante das emergências. Além disso, as cores são uma forma eficaz de trabalho com grande quantidade de funcionários, pois permite uma rápida identificação de situações como autorização, proibição, prevenção, equipamentos de segurança, delimitação de áreas e advertência de potenciais riscos. No entanto, seu uso deve ser bem criterioso, pois em caso de multiplicidade de sinais ou falta de informação, a percepção do trabalhador pode leva-lo à confusão.

Para começar, o plano de sinalização da empresa deve estar ligado ao setor de segurança e saúde do trabalho contemplando todos os procedimentos de conduta e gestão. Dessa forma, caso necessário, as ações terão, na prática, os resultados de prevenção e segurança procurados. Mas para isso é fundamental a padronização de cores e treinamento junto ao pessoal da empresa, pois o objetivo é o pleno entendimento e conscientização sobre a importância de percepção imediata do padrão de cada cor, sem dificuldade. Assim, dentro dessa ação é fundamental o reconhecimento de todas as instalações, do maquinário existente, do equipamento e dos espaços de trânsito para, posteriormente, adotar a padronização das cores para casos de emergência.


Normalmente as cores adotadas são vermelho, laranja, preto, verde, azul, amarelo, branco, e lilás, mas pode haver outras dependendo da necessidade da empresa e que atendam uma especificação. Contudo, é de fundamental importância que os visitantes ou pessoas externas à empresa entendam intuitivamente o significado da cor empregada, pelo qual recomenda-se que sempre esteja acompanhada da identificação por texto escrito.


Segundo a Norma ABNT 7195/1995, temos as principais cores e seus usos:

  • Vermelho (Munsell 1547): A cor é geralmente conhecida como “vermelho segurança”. Ela distingue e indica equipamentos e aparelhos de proteção e combate contra incêndio, mas também é utilizada como advertência de perigo.

  • Azul (Munsell 4845): Indica uma ação obrigatória, como por exemplo, o uso de EPI - Equipamento de Proteção Individual - bem como para impedir a movimentação ou energização de equipamentos.

  • Amarelo (Munsell 2586): A cor amarela indica cuidado e é utilizada para mostrar espaços onde as pessoas podem tropeçar ou cair. Também assinala baixas de escadas portáteis, corrimãos, parapeitos, pisos, partes inferiores de escadas, direção ou trânsito em espaços reduzidos. Geralmente a cor é apresentada em forma de listras verticais ou inclinadas misturadas com fundo preto, para se ter mais destaque.

  • Branco (Munsell 0095): A cor branca deve ser utilizada em corredores de circulação e passarelas por meio de faixas. Também é utilizada para localização de áreas próximas de equipamentos de emergência, se socorro e emergência, bem como para áreas de armazenagem, espaços de contenção, zonas de segurança e em coletores de resíduos.

  • Preto (Munsell 0010): O preto é utilizado para indicar coletores de resíduos, exceto os de origem de serviços de saúde. Também é utilizado o preto em tubulações e canalizações de líquidos e combustíveis inflamáveis de alta viscosidade, como por exemplo, asfalto, alcatrão, piche, óleo lubrificante e óleo combustível.

  • Verde (Munsell 3263): Indica segurança e deve ser utilizada em depósitos ou caixas que mantenham máscaras de gás, chuveiros de segurança, sistemas hidráulicos de lava-olhos, macas, mangueiras de oxigênio, caixas de equipamentos de urgência e quadros para exposição de cartazes de avisos de segurança.

  • Laranja (Munsell 1867): O uso da cor laranja é para partes móveis de máquinas, equipamentos, partes internas de máquinas removíveis, partes internas de caixas de dispositivos elétricos, áreas externas de engrenagens e botões de segurança, bem como também para dispositivos de corte, serras e prensas e tubulação de ácidos.

  • Púrpura ou Lilás (Munsell 0180): Muito utilizado para indicação de perigos de radiação eletromagnética penetrante e partículas nucleares, recipientes de materiais radioativos ou produtos contaminados.

Sobre o uso das cores na segurança empresarial e industrial, a Selak Tintas e Vernizes trabalha sem restrições de desenvolvimento e fabricação de tonalidades, podendo desenvolver a cor desejada para um fim de segurança específico.

O nosso Laboratório está à disposição para atender seu pedido, frisando que todas as linhas Revestlak são produzidas 100% no Brasil, com a tecnologia e qualidade Selak reconhecida em mais de 30 anos na indústria.


Quer adquirir ou encomendar um produto personalizado Revestlak? Entre em contato conosco ligando no telefone (11) 5667-6144, envie um email para tintas@selak.com.br ou clique aqui.